Sobre Laura Barile

Laura

Eu: nasci em 1988.

Em 2009 eu me formei em jornalismo na PUC-SP, onde percebi que gostava mais de textos para escrever minhas ideias que para reportar, e que gostava mais de TV que de jornal. Estagiei por dois anos (e mais um tempinho) na TV PUC – laboratório pra vida. Aprendi a editar em beta, a dirigir documentários, a fazer reportagens sobre qualquer assunto – com muita ou pouca preparação. Da paixão por TV surgiu meu documentário E aquele projeto ainda estará no ar, apresentado como trabalho de conclusão de curso e que mais tarde ganhou mais voz em festivais.

No ano seguinte entrei no curso de direção cinematográfica da Academia Internacional de Cinema(AIC), uma casinha charmosa que ensina cinema e pensar ideias. Produzi muitos curtas ruins (começo é assim mesmo), depois fiz um roteiro chamado Variações sobre um mesmo tema, que também ganhou voz em festivais, e a partir daí todo mundo começou a me chamar de roteirista. Em 2011 me formei, com um roteiro de longa-metragem.

Em 2012 finalizei meu primeiro curta metragem de ficção, Fuga, que fala e foi sobre crescimento.

Durante o período da AIC trabalhei na Mono, uma produtora de animação de São Paulo que me ensinou um monte de coisas sobre produção, a elaborar bons projetos transmídia, e, principalmente, que produzir conteúdos para crianças é uma linda vocação. Saí de lá no final de 2011, e a partir daí comecei a trabalhar como freela em roteiros de animação e séries, e também com roteiros de conteúdo e publicidade.

Em 2013 fui convidada para participar do desenvolvimento de história e roteiros da segunda temporada da série infantil Gaby Estrella, co-produção Panorâmica e Chatrone para a Globosat. Passei três meses no Rio de Janeiro, que resultaram no relato diário 94 dias no rio, trabalhando e aprendendo sobre o dia-a-dia em um processo de writer’s room. Ao todo 52 episódios que foram ao ar entre outubro e dezembro de 2013 e que renderam uma indicação ao Emmy Kids Awards 2014, na categoria melhor série internacional.

Fui roteirista do Núcleo Criativo da Aldeia Produções (MG), selecionada na chamada do Fundo Setorial do Audiovisual (PRODAV 03/2013), onde desenvolvi o projeto de série infantil Do Outro Mundo e acompanhei o desenvolvimento de quatro outros projetos, entre reality show, animação e comédias. Em 2015, também junto à Aldeia, fui selecionada pelo edital de TVs Públicas (PRODAV 11/2014) para produzir a minha série de ficção Mostra a tua cara, um drama adulto que acompanha alguns dias entre as manifestações que, em junho de 2013, tomaram as ruas do país.

Pra saber mais sobre esses e outros projetos, é só clicar e navegar pelo meu perfil.